Regras para Cadastro em Financiamento Estudantil: Veja quem tem direito!

Para os interessados em saber as regras para inscrição FIES 2019, confira este artigo. Ao longo do texto é possível saber quais são as regras para cadastro FIES 2019. Além disso, o usuário pode ficar sabendo quem pode conseguir este benefício.

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é o programa do Ministério da Educação e permite que o estudante faça o financiamento dos seus estudos.

Através do programa o usuário tem a possibilidade de fazer o financiamento da graduação na educação superior para alunos com cursos superiores de instituições privadas.

O pagamento pode ser feito depois da conclusão do curso. O financiamento pode ser solicitado pelo SisFies 2019 e nos cursos que apresentam avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação.

Desde 2010 o FIES funciona com taxa de juros do financiamento de 3,4% a.a., e o período de carência é de 18 meses. O período de amortização é 3 (três) vezes o período de duração regular do curso + 12 meses.

No FIES o financiamento pode ser feito em 100%, e todas as inscrições podem ser realizadas em qualquer período do ano. Atualmente o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) é o Agente Operador do Programa para contratos.

Cursos financiados

O financiamento é concebido, para:

Alunos com conceito acima ou igual a três no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES). O curso precisa ser ofertado pela intuição que participa do FIES;

Nos cursos presenciais é necessária média igual ou acima de três no sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), pelas instituições do programa.

Os cursos que não apresentam avaliação no SINAES, são validados, caso estejam autorizados para funcionamento.

Veja quem tem direito!

Para estudantes pré-selecionados no processo seletivo do FIES;

São válidos os cursos presenciais de graduação não gratuitos com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), desde que participem do programa, dentro das normas do FIES.

Os critérios para o FIES 2019 são:

  • Não deve ter menos de 450 pontos no ENEM e muito menos zerar na redação;
  • Alunos que participaram da prova desde 2010, podem usar como seleção.
  • É necessário matrícula em nível superior;
  • Enquadrar nos requisitos do edital do curso;
  • Ter uma educação básica com conclusão;
  • Apresentar renda abaixo de três salários.
Read More

Adesão ao Exame Nacional do Ensino Médio pode crescer até 10%

O programa do Governo Federal que disponibiliza bolsas de estudos para alunos de baixa renda e oriundos do ensino público foi lançado em 2004, no governo do Presidente Lula, e oferece bolsas integrais e parciais (50% de desconto) em instituições de ensino cadastradas pelo MEC. Por oferecer essas vagas para alunos de menor renda, as universidades e faculdades obtém incentivos fiscais que incentivam a manutenção das bolsas e a criação de novas vagas.

A seleção para os candidatos que demonstram interesse em receber a bolsa do Prouni acontece através do Enem. O aluno deve atingir a marca mínima de 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio, para que assim, possa ingressar nas fases seguintes do Prouni.

Além da nota no Enem, para se inscrever no Prouni o candidato deve ter uma renda familiar de 1,5 salário mínimo por morador de sua residência (para conseguir a bolsa de 100%) e 3 salários mínimos por morador para a bolsa parcial de 50%.

Outro requisito importante para que o aluno tenha a condição de concorrer a uma das bolsas ofertadas pelo Prouni é ter cursado o ensino médio em uma escola pública. Outra condição válida é o aluno ter cursado em uma escola da rede privada de educação na condição de bolsista integral, seja bolsista direto ou por vagas do Educa Mais Brasil 2019.

Outros grupos também possuem requisitos para ingressar no ensino superior com o auxílio da Bolsa Prouni, como os deficientes físicos e os professores da rede pública de educação que estiverem atuando regularmente, servindo o estado com seu conhecimento.

Saiba como realizar a inscrição no Programa Educa+ e aproveita todas as oportunidades que esse programa oferece a você estudante. Acesse o site hoje mesmo!

Lembrando que para participar de programas importantes do Ministério da Educação, como o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica, responsável por distribuir anualmente milhares de bolsas a estudantes para o ensino técnico para participar de cursos de capacitação profissional.

As inscrições para o Prouni costumam acontecer em duas datas do ano. Não se cobra uma taxa para isso e a realização da inscrição acontece através do site do Prouni (é exclusivamente pela internet). No momento da inscrição, o aluno pode escolher por duas instituições, cursos ou turnos. A escolha deve ser feita obedecendo a ordem de preferência.

Cada curso possui uma nota mínima diferente, de acordo com a procura. O bacana é que as notas de corte, como são chamadas, costumam ser divulgadas antes do encerramento da inscrição, e como isso, o candidato pode trocar de curso, caso ele não tenha a nota mínima. A nota mínima é um dos pré-requisitos mais importantes para avaliação dos candidatos ao Programa Universidade par todos e ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego.

Caso você não seja selecionado em nenhuma das duas chamadas, há ainda uma lista de espera com candidatos que ficaram próximos de garantir uma bolsa no Prouni, por isso, é essencial continuar acompanhando o site oficial para não correr à risca de perder a bolsa.

Read More

Como tirar uma boa nota no vestibular?

Para quem prestou o ENEM 2019, agora você pode comparar seu desempenho com os melhores e piores. Confira quais foram as notas divulgadas pelo INEP. Se você ficou ansioso para saber a nota do Enem e depois ficou triste com o resultado, fique sabendo que provavelmente alguém foi pior que você!

Por outro lado, sempre se pode melhorar o esforço, espelhando-se em alguém melhor que você.

Notas mínimas

  • Ciências Humanas: 229,5
  • Ciências da Natureza: 311,5
  • Linguagens: 261,3
  • Matemática: 322,4
  • Redação: 0

PS: quem zerou na redação, pode esquecer entrar na faculdade neste ano, pois o SISU e o ProUni não aceitam tal desempenho

Notas máximas

  • Ciências Humanas: 888,7
  • Ciências da Natureza: 901,3
  • Linguagens: 813,3
  • Matemática: 971,5
  • Redação: 1000

A Redação não usa o cálculo TRI, também conhecido como “cálculo do chute”, mas cinco critérios os quais variam de zero a 200 cada um.

Read More